Religião, comunidade e instituição: Igreja medieval em construção (Ocidente – Oriente).

Prof. Dr. Gabriel Castanho
Dia/Horário: Terças-feiras, 10h-13h
Sala: Werneck

Ementa:

Muitos são aqueles que, hoje em dia, veem na Igreja um exemplo de instituição anacrônica e imóvel; um símbolo da alienação e um instrumento de poder autoritário. Contudo, os estudos desenvolvidos no campo das Ciências da Religião, bem como os avanços recentes dos estudos da Igreja medieval apontam para uma realidade histórica mais complexa. Estes campos de pesquisa demonstram hoje que a compreensão da história social da Igreja medieval é capital para o conhecimento do período em questão, sendo também de grande utilidade para os historiadores do Antigo Regime e mesmo para alguns aspectos chave da contemporaneidade (como a própria estruturação do campo científico das chamadas Ciências Sociais). Partindo desde esforço de renovação dos estudos da Igreja medieval, o curso pretende apresentar e discutir com os alunos 1) os principais temas que animam atualmente as pesquisas sobre o Ocidente medieval e 2) a pertinência (ou não) do modelo analítico ocidental (francês, sobretudo) para o estudo de outras regiões, em especial o Oriente cristão medieval.

Programa de aulas
Atenção: O programa e a bibliografia a ser lida poderão sofrer alterações ao longo do curso

Aula 1: 13/08/2019– Apresentação do curso

Aula 2: 20/08/2019 – História e Ciências da Religião

IOGNA-PRAT, D. “A história do ‘religioso’ e do ‘sagrado’ na França (1995-2010)”. In: “ALMEIDA, N. B. et SILVA, E. M. (orgs.). Missão e pregação. A comunicação religiosa entre a História da Igreja e a História das Religiões. São Paulo: Editora da Unifesp, 2014, p. 15-27.
MOTTA, R. “Social Scientists and Disenchanters: Some Basic Themes of Brazilian Sociology of Religion”. In BLASI, A. J. et GIORDAN, G..  Sociologies of Religion. National traditions. Leiden : Brill, 2015, p. 76-106

Aula 3: 27/08/2019 – Igreja medieval: debates historiográficos

LAUWERS, M. “Como os historiadores do século XX escreveram a história da Igreja feudal? In: “ALMEIDA, N. B. et SILVA, E. M. (orgs.). Missão e pregação. A comunicação religiosa entre a História da Igreja e a História das Religiões. São Paulo: Editora da Unifesp, 2014, p. 29-58.
KOTSIS, Kriszta. “The Greek Orthodox Church.” In: CLASSEN, Albrecht (Ed.). Handbook of Medieval Culture: Fundamental Aspects and Conditions of the European Middle Ages. Volume I. Berlim e Boston: Walter de Gruyter, 2015, p. 628 ‒ 652.

Aula 4: 03/09/2019 – Por uma História social da Igreja Medieval

CASTANHO, G., e RUST, L.. A Igreja como passado: um prólogo historiográfico. Veredas Da História, v. 10, p. 9-21, 2017. .[Internet]
IOGNA-PRAT, D. “La iglesia: un edificio excepcional en el paisaje social”, In: ID.. Iglesia y sociedad em la Edad Media. Cid. México: UNAm, 2013,p. 13-31.
LESHEM, D. “From Ecclesiastical to Political Economy. The Rise of the Social”. In: Journal of Markets & Morality Volume 19, Number 1 (Spring 2016): 29–39

Aula 5:  10/09/2019 – Normas: “direito” e sociedade na Idade Média

COELHO, M. F.. “Entre Bolonha e Portugal: a experiência política do conceito de iurisdictio (séculos XII e XIII)”, in: Revista da Faculdade de Direito – UFPR, v. 61:2, 2016, p. 61-93[Internet].
FRANKLIN, Simon. “On Meanings, Function and Paradigms of Law in Early Rus’.” Russian History/Histoire Russe, vol. 34, nº 1-4, 2007, p. 63 ‒ 81.

Aula 6: 17/09/2019 – Profissionais: sacerdotes

RAUWEL, A. “Les hiérarchies internes à l’ordre sacerdotal et la question de la sacramentalité de l’épiscopat de S. Augustin à Pierre Lombard”, In: BOUGARD, F.,  IOGNA-PRAT, D. et  LE JAN, R. (orgs.), Hiérarchie et stratification sociale dans l’Occident médiéval. Turnhout: Brepols, 2008, p. 105-115.
MOULET, Benjamin, “Autorité et stratégies sociales de l’épiscopat.” In: Évêques, pouvoir et société à Byzance, VIIIe-XIe siècle: territoires, communautés et individus dans la société provinciale byzantine. Paris: Éditions de la Sorbonne, 2011. Disponível em: https://books.openedition.org/psorbonne/1961

Aula 7: 24/09/2019 – Profissionais: monges

CANTOR, N. F. “The crisis of western monasticism, 1050-1130”. In. The American Historical Review, LXVI/1, 1960.
Van ENGEN, J. “The ‘crisis of cenobitism’ reconsidered: Benedictine monasticism in the years 1050-1150”. In. Speculum. LXI/2, 1986.
PRESTEL, David. “The Kievan Caves Monastery: What Do Monks Have To Do With the World?” Russian History/Histoire Russe, vol. 33, nº 2-3-4, 2006, p. 199 ‒ 216.

Aula 8: 01/010/2019 – EIEM – ABREM

Aula 9: 08/10/2019 – Financiamento: o dízimo

GUAL, C. “A construção papal e episcopal pelo dízimo”. In: ID. Solver o débito divino: dízimo, jurisdições e espaços de autoridade (século XII-XIII). Campinas: UNICAMP, 2016 p. 139-163 (Tese de Doutorado).
CONSTABLE, G. “Resistance to Tithes in the Middle Ages”, In: The Journal of Ecclesiastical History, v.13, 1962, p. 172-185.

Aula 10: 15/10/2019 – Escrita e pregação: o poder do discurso e o efeito das fontes

GREVIN, B. “Writing techniques in thirteenth- and fourteenth-century England : the role of the Sicilian and Papal letter collections as practical models for the shaping of royal propaganda”. In: ORMROD, W. M. (ed.). Fourteenth century England. Woodbridge: Boydell Press, 2012, v. 7, p. 1-30.
DYKSTRA, Tom. “Metropolitan Ilarion of Kiev’s Use of Scripture in Defense of Russian Autocephaly.” St. Vladimir’s Theological Quarterly, vol. 44, 2000, p. 223 – 262.

Aula 11: 29/10/2019 – Arquitetura: petrificação do lugar de culto

IOGNA-PRAT, D. « La personnalisation de l’Église à ‘l’âge roman’ ». in : ID, La maison Dieu. Une histoire monumentale de l’Église au Moyen Age. Paris: Seuil, 2006, p 325-361.
IOGNA-PRAT, D. “L’espace sacramentel de l’Église”, In: Bulletin du centre d’études médiévales d’Auxerre | BUCEMA, Hors-série n° 7 | 2013 [Internet]. Disponível na espanhol  na obra do mesmo autor: La invención social de la Iglesia en la edad media (e-book).
MOULET, Benjamin. “Le pasteur, les brebis et le diocèse : la gestion d’un espace religieux et civil.” In: Évêques, pouvoir et société à Byzance, VIIIe-XIe siècle: territoires, communautés et individus dans la société provinciale byzantine. Paris: Éditions de la Sorbonne, 2011. Disponível em: https://books.openedition.org/psorbonne/1965 (Tópico “Le successeur de Pierre: fondation et gestion de l’espace sacré”)

Aula 12: 05/11/2019 – Espaços e lugares: paróquia, diocese, cemitério

LAUWERS, M.. “Lugares consagrados”, In: ID. O nascimento do cemitério. Lugares sagrados e terra dos mortos no Ocidente medieval. Campinas: EdUnicamp, 2015. p. 75-113.
MAZEL, F. “Termini ecclesie: la délimitation du territoire diocésain”. In: ID., L’évêque et le territoire. L’invention médiévale de l’espace. Paris : Seuil, 2016, p. 256-289.
ARRIGNON, Jean-Pierre. “L’inhumation des princes et des saints de la Rus’ de Kiev.” In: KAPLAN, Michel (Org.). Le sacré et son inscription dans l’espace à Byzance et en Occident: Études Comparées. Paris: Éditions de la Sorbonne, 2001. p. 1 – 11. Disponível em http://books.openedition.org/psorbonne/2169.

Aula 13: 12/11/2019 – Heresias: dissidência ou invenção?

MOORE, I. R. “Pouvoir et raison”. In : ID. La pérsecution. Sa formation en europe Xe-Xiiie siècle. Paris : Les Belles Lettres, 2004 [1987]  p. 151-185.
ZERNER, M.. “Introdução”. In : ZERNER, M. (org.). Inventar a heresia? Discursos polêmicos e poderes antes da Inquisição. Campinas: Ed. Unicamp, 2009, p. 7-14.
MOORE, R. I. “Posfácio”. In : ZERNER, M. (org.). Inventar a heresia? Discursos polêmicos e poderes antes da Inquisição. Campinas: Ed. Unicamp, 2009, p. 277-284.
COLUCCI, Michele. “The Image of Western Christianity in the Culture of Kievan Rus’.” Harvard Ukrainian Studies, vol. 12-13, 1988-1989, p. 576 – 586.

Aula 14: 19/11/2019 – Eclesiologia: os fundamentos de uma sociologia.

LEGORRETA, J. de J.. “Hacia uma eclesiología histórica e interdisciplinar: aportes de J. Komonchak y R. Haight al método em eclesiología”. In: Revista ibeeoamericana de teologia. v. XI, n. 20, 2015, p. 9-32RUST, L. “A história institucional do papado centro-medieval”. In: ID. Colunas de São Pedro. A política papal na Idade Média central. São Paulo: Annablume, 2011, p. 33-53.
NEVES, Leandro César S. “Os para-raios do sagrado: Igreja/Edifício no Pensamento Eclesiológico de Hilarião de Kiev (1047).” No prelo
Complementar. Revistas: Ecclesiology ISSN 1745-5316 e Ecclesial Practices: Journal of Ecclesiology and Ethnography ISSN 2214-4471

Aula 15: 26/11/2019 – Encerramento do curso

Avaliação:
Participação em sala de aula e trabalho monográfico final