História, Arte e Paisagens Urbanas: Perspectivas Teóricas e Historiográficas

SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 – QUARTAS, DE 10 ÀS 13 HORAS PROFESSORA DRA. ANDREA CASA NOVA MAIA

 

EMENTA

 

A disciplina tem como objeto a relação entre História da Arte e Teoria da Arte, procurando discutir os usos da imagem para fins da produção de conhecimento histórico, bem como analisar os diferentes conceitos de arte e seus desdobramentos na leitura das imagens. A análise de textos clássicos e contemporâneos procurará enfatizar as transformações no campo de estudos históricos sobre as artes e as implicações do olhar historiográfico para a teoria da arte contemporânea. A leitura da arte a partir de sua historicidade e espacialidade também será posta em questão em sua interação com o espaço urbano, tendo em vista às novas tendências historiográficas.

 

Unidades de Ensino

 

  1. Conceitos de arte e história social: teoria e historiografia, diálogospossíveis
  2. Arte contemporânea :historiografia e contribuições de outros campos do saber
  3. Arte e cidade –diálogostemporaispossíveis

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA PROVISÓRIA

 

 

AGAMBEN, Giorgio. Ninfas. São Paulo: Hedra, 2012.

 

ARGAN, Giulio Carlo. História da Arte como História da Cidade.São Paulo: Martins Fontes, 1995.

 

ARCHER, Michael. Arte contemporânea. Uma históriaconcisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

 

BENJAMIN, Walter. Obrasescolhidas. Vol.1,2 e 3. São Paulo: Brasiliense, 1982. (textosdiversos).

 

CAUQUELIN, Anne. Arte contemporânea, uma introdução. São Paulo: Martins, 2005.

 

CAUQUELIN, Anne. Teorias da Arte. São Paulo: Martins, 2005.

 

DANTO, Arthur. Após o fim da arte. A arte contemporânea e os limites da História. São Paulo: Edusp, Odysseus, 2006.

 

DIDI-HUBERMAN, G. A imagem sobrevivente. História da Arte e tempo dos fantasmas Segundo AbyWarburg. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013. DIDI-HUBERMAN, G. A pintura encarnada seguido de A Obra Prima Desconhecida de Honoré de Balzac. São Paulo: Escuta, 2012.

 

DIDI-HUBERMAN, G. Diante da imagem. Questão colocada aos fins de uma história da arte. São Paulo: Editora 34, 2013.

 

DIDI-HUBERMAN, G. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998. DIDI-HUBERMAN, G. Ser Crânio. Lugar, Contato, Pensamento, Escultura. Belo Horizonte: C/Arte, 2009.

 

DIDI-HUBERMAN, G. Sobrevivência dos vaga-lumes. Belo Horizonte: UFMG, 2011.

 

 

GOMBRICH, H. Los usos de lasImágenes. Estudios sobre lafunción social del Arte y laComunicación Visual. México: Fondo de Cultura Económica, 2003.

 

GULLAR, Ferreira. Etapas da Arte Contemporânea. Do cubismo à arte neoconcreta.

 

Rio de Janeiro: Revan, 1999.

 

HUCHET, Stephane (org.) Fragmentos de uma Teoria da Arte. São Paulo: Edusp, 2012.

 

WÖLFFLIN, Heinrich. Conceitos Fundamentais de História da Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

 

WARBURG, Aby. Atlas Mnemosyne. Madri: Akal, 2010.

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO

 

O alunodeveráparticipar dos seminários e apresentar um artigo entre 15 e 25 laudasao final do curso. A presença e participaçãofaz parte do processoavaliativo.