Igreja e religiosidades no Império português: aspectos institucionais, políticos e devocionais (séculos XVI-XVIII)

Prof. Dr. William de Souza Martins

Ementa:

Análise da ação institucional da Igreja no mundo lusitano e das trocas e apropriações culturais elaboradas pelos fiéis leigos a partir da doutrina católica. A referida análise será conduzida tomando por eixo três distintos agentes eclesiásticos: o episcopado e o clero diocesano; o Tribunal do Santo Ofício da Inquisição; e as ordens regulares.

Programa da disciplina