Bibliografia para Seleção de Mestrado

BURKE, Peter. História e Teoria Social. São Paulo: UNESP, 2012, caps. 1, 2 e 6.

DAVIS, Natalie Zemon. Ajuda aos pobres, humanismo e heresia, Razões de desgoverno, Ritos de violência. In: Culturas do Povo. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1990 (p. 23-61; 87-106; 129-156).

GINZBURG, Carlo. Sinais: raízes de um paradigma indiciário. In: Mitos, emblemas, sinais. Morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

LACAPRA, Dominick. Escribir la historia, escribir el trauma, Trauma, ausencia, pérdida. In: Escribir la historia, escribir el trauma. Buenos Aires: Ediciones Nueva Visión, 2005 (p. 27-103).

PEDRO, Joana Maria. Traduzindo o debate: o uso da categoria gênero na pesquisa histórica. História, São Paulo, 2004, vol. 24, n. 1, pp. 77-98.

SCOTT, James C. Formas Cotidianas da Resistência Camponesa. Raízes, Campina Grande, vol. 21, nº 01, jan./jun. 2002, p. 10-31.